10 melhores filmes de Tarantino, segundo a crítica

Quando se trata do renomado cineasta Quentin Tarantino, sua filmografia é uma montanha-russa de emoções, violência estilizada e diálogos afiados. Com uma carreira repleta de sucessos de bilheteria e aclamação crítica, Tarantino se estabeleceu como um dos diretores mais influentes e distintos da indústria cinematográfica contemporânea. Pensando nisso, listamos os 10 melhores filmes de Tarantino, de acordo com a crítica especializada.

Leia também:

Vale lembrar, que a lista foi montada utilizando de agregadores que se utilizam de reviews de especialistas na área, o que não significa necessariamente que um filme seja de fato melhor que o outro, podendo ser também algo subjetivo de cada espectador. Além disso, vale lembrar que apenas os filmes que tiveram Tarantino com Diretor foram incluídos, uma vez que o mesmo já atuou como roteirista e produtor em diversas outras obras.

10. Jackie Brown (1997) – Nota: 62

Jackie Brown (1997) / Crédito: Miramax Films (divulgação)

“Jackie Brown” segue uma comissária de bordo que se envolve em um esquema de contrabando de dinheiro com um agente federal e um traficante de armas. O filme é uma adaptação do romance “Rum Punch” de Elmore Leonard e é elogiado por sua trama intricada, personagens complexos e estilo visual único. Destaque para a performance de Pam Grier no papel principal e a trilha sonora nostálgica que acompanha a narrativa.

9. Os Oito Odiados (2015) – Nota: 68

'Os Oito Odiados'. Imagem: The Weinstein Company/Divulgação
‘Os Oito Odiados’. Imagem: The Weinstein Company/Divulgação

“Os Oito Odiados” é um western de mistério ambientado após a Guerra Civil Americana, onde um grupo de estranhos fica preso em uma pousada durante uma tempestade de neve. O filme é uma homenagem aos clássicos do gênero, apresentando diálogos afiados, reviravoltas inesperadas e performances brilhantes de um elenco talentoso. Destaque para a cinematografia deslumbrante de Robert Richardson e a tensão crescente que permeia toda a narrativa.

8. Bastardos Inglórios (2009) – Nota: 69

Inglourious Basterds (2009) / Crédito: Universal Pictures (divulgação)

“Bastardos Inglórios” é uma reimaginação histórica da Segunda Guerra Mundial, seguindo um grupo de soldados judeus-americanos que se unem para caçar e assassinar líderes nazistas. O filme é uma mistura única de drama, comédia e violência, apresentando diálogos afiados e cenas de ação intensas. Destaque para a performance magnética de Christoph Waltz como o sádico coronel nazista Hans Landa, que lhe rendeu o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante.

7. Kill Bil Vol. 1 (2003) – Nota: 69

'Kill Bill: Volume 1'. Miramax Films/Divulgação
‘Kill Bill: Volume 1’. Miramax Films/Divulgação

“Kill Bill Vol. 1” inicia a jornada da Noiva em sua busca por vingança contra seus antigos colegas de equipe. O filme é uma ode aos filmes de samurai e artes marciais, repleto de sequências de luta coreografadas de forma impressionante e uma trilha sonora envolvente. Destaque para a cena de luta icônica na Casa das Folhas Azuis e a estilização visual única de Tarantino, que combina influências do cinema japonês com sua própria marca registrada. Apesar de ser para muitos um dos melhores filmes de Tarantino, a sua nota pela crítica não foi das melhores.

6. Grindhouse (2007) – Nota: 77

'Grindhouse - À Prova de Morte'. Imagem: Dimension Films/Divulgação
‘Grindhouse – À Prova de Morte’. Imagem: Dimension Films/Divulgação

“Grindhouse” é uma experiência cinematográfica única, composta por dois segmentos: “À Prova de Morte” de Tarantino e “Planeta Terror” de Robert Rodriguez. O filme homenageia os filmes exploitation e grindhouse dos anos 70, apresentando narrativas ultrajantes, violência exagerada e referências pop. Embora tenha recebido críticas mistas na época de seu lançamento, “Grindhouse” desenvolveu uma base de fãs cult ao longo dos anos, apreciando sua estética retro e estilo visual arrojado.

5. Django Livre (2012) – Nota: 81

'Django Livre'. Imagem: Sony Pictures/Divulgação
‘Django Livre’. Imagem: Sony Pictures/Divulgação

“Django Livre” é uma homenagem ao western spaghetti, seguindo a jornada de Django, um ex-escravo que se torna um caçador de recompensas. Ambientado nos Estados Unidos pré-Guerra Civil, o filme aborda questões de escravidão e vingança, embaladas em uma narrativa de ação e humor negro característicos de Tarantino. Destaque para a atuação impecável de Jamie Foxx, Christoph Waltz e Leonardo DiCaprio, que entrega uma performance memorável como o cruel proprietário de escravos Calvin Candie.

4. Cães de Aluguel (1992) – Nota: 81

Reservoir Dogs (1992) / Credito: Miramax Films (divulgação)

“Cães de Aluguel” marca a estreia de Tarantino como diretor e é para muitos um de seus melhores filmes. Ele é um conto de crime brutal e traição entre um grupo de criminosos que planejam um assalto a uma joalheria. O filme é conhecido por seus diálogos afiados, personagens cativantes e reviravoltas surpreendentes. Destaque para a cena icônica da dança ao som de “Stuck in the Middle with You” e a narrativa não linear que se tornou uma marca registrada de Tarantino desde então.

3. Kill Bill Vol. 2 (2004) – Nota: 83

Kill Bill
Imagem: reprodução/© 2003 Miramax Films

“Kill Bill Vol. 2” é um dos melhores filmes de Tarantino e conclui a saga da Noiva em sua busca por vingança contra os assassinos que a traíram. O filme aprofunda a história e o desenvolvimento dos personagens, explorando o passado da Noiva e culminando em um confronto emocionante com Bill. Destaque para a atuação de Uma Thurman como a Noiva e David Carradine como Bill, além da direção magistral de Tarantino, que equilibra perfeitamente momentos de ação, drama e suspense.

2. Era Uma Vez em Hollywood (2019) – Nota: 84

“Era uma Vez em… Hollywood” (“Once Upon a Time… in Hollywood”, 2019) / Credito: Sony Pictures Releasing (divulgação)

“Era Uma Vez em Hollywood” mergulha na Los Angeles de 1969, seguindo a vida de um ator decadente e seu dublê, enquanto o famoso assassinato de Sharon Tate pela família Manson se desenrola ao fundo. O filme é uma carta de amor à era de ouro de Hollywood, repleto de referências culturais e uma atmosfera nostálgica. Destaque para as performances de Leonardo DiCaprio, Brad Pitt e Margot Robbie como Sharon Tate. Tarantino recebeu elogios pela recriação meticulosa da época e pela trilha sonora envolvente, fazendo desse um de seus melhores filmes.

1. Pulp Fiction (1994) – Nota: 95

Pulp Fiction (1994) / Crédito: Miramax Films (divulgação)

“Pulp Fiction” é frequentemente considerado como o melhor filme de Tarantino e um marco na história do cinema. O filme entrelaça diversas histórias de crime em Los Angeles, apresentando personagens memoráveis, diálogos icônicos e uma narrativa não linear que desafia as convenções tradicionais. Destaque para a performance brilhante de John Travolta, Uma Thurman e Samuel L. Jackson. O filme foi indicado a sete Oscars, vencendo Melhor Roteiro Original, e conquistou o Palme d’Or no Festival de Cannes em 1994.

Em suma, os filmes de Quentin Tarantino são uma celebração do cinema em sua forma mais pura, combinando influências diversas, personagens cativantes e diálogos afiados. Com uma carreira repleta de sucessos aclamados pela crítica, Tarantino continua a desafiar as expectativas e a inspirar cineastas em todo o mundo.



FONTE

Sobre o Autor

Ubiratan Motta
Ubiratan Motta

Historiador que dedicou sua vida à carreira militar. Especialista em recursos humanos e logística, e com vasta experiência em operações e missões das Forças Armadas.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.