Ministro da Ucrânia é preso por corrupção e paga US$ 1,9 mi de fiança

O ministro da Agricultura da Ucrânia se tornou o primeiro membro do executivo sob a presidência de Volodymyr Zelenskiy a ser detido em uma repressão à corrupção exigida por aliados como condição para ajudar na guerra contra a Rússia.

Um tribunal de Kiev ordenou que Mykola Solskyi, que supervisionou a política de exportação de grãos da Ucrânia durante o conflito, fosse detido na manhã desta sexta-feira (26). O ministro, que renunciou apesar de negar as irregularidades, foi solto após pagar 75,7 milhões de hryvnia (US$ 1,9 milhão) de fiança.

Antes de se tornar o líder ucraniano durante a guerra, Zelenskiy foi projetado ao cargo em 2019 com a promessa de erradicar a corrupção que corroeu o país por três décadas, desde o colapso da União Soviética. A invasão de Moscou tornou a questão mais urgente, já que os doadores internacionais exigiram progresso nesse campo, enquanto enviam bilhões para manter a economia devastada pela guerra e fornecer armas para a linha de frente.

Planilha Gratuita

Fuja dos ativos que rendem menos com essa ferramenta gratuita

Baixe a Calculadora de Renda Fixa do InfoMoney e compare a rentabilidade dos ativos

Reforçar os esforços anticorrupção e reduzir o controle dos oligarcas sobre a economia é uma questão central para os credores, incluindo o Fundo Monetário Internacional (FMI), mas também a União Europeia (UE), que abriu negociações de adesão com Kiev no final do ano passado.

O Escritório Anticorrupção e os promotores acusaram Solskyi, que desempenhou um papel fundamental na busca de canais de exportação de grãos ucranianos desde que assumiu o cargo, um mês após o início da invasão da Rússia, em fevereiro de 2022, de envolvimento em um esquema para se apropriar ilegalmente de terras estatais e emitiu um aviso de suspeita.

Solskyi, um ex-empresário, disse mais cedo que “garante transparência” às autoridades para atividades que ocorreram antes de assumir o cargo. Em um comunicado de 23 de abril no Telegram, Solskyi disse que o terreno sob escrutínio faz parte de uma disputa legal entre empresas estatais e indivíduos.

Continua depois da publicidade

Kateryna Ryzhenko, vice-diretora executiva para assuntos jurídicos da Transparência Internacional da Ucrânia, disse que o caso contra o ministro é incomum e enviou um “sinal positivo” aos doadores internacionais.

Isso mostra que “nossas autoridades anticorrupção não têm medo de investigar políticos de alto perfil e funcionários do governo”, disse Ryzhenko em uma entrevista. Ainda assim, “muitos desses casos podem reforçar a narrativa promovida pela Rússia de que a Ucrânia é uma nação corrupta”.

Apreensão de Terras

O esquema ligado a Solskyi envolve a apreensão de cerca de 2.500 hectares de terras na região de Sumy, no norte da Ucrânia, no valor estimado de 291 milhões de hryvnia entre 2017 e 2021, disse o escritório conhecido como NABU.

Continua depois da publicidade

A indignação pública com a corrupção também desempenhou um papel na arena política. Autoridades anticorrupção abriram no ano passado uma investigação sobre suspeitas de compras de alimentos a preços inflacionados para regiões atingidas pela guerra, uma investigação que envolveu o vice de Solskyi, Taras Vysotskyi. O ministério negou as acusações.

Zelenskiy demitiu seu ministro da Defesa, Oleksii Reznikov, como parte da maior mudança do gabinete de guerra no ano passado. O ex-chefe da Defesa por muito tempo rebateu as acusações sobre corrupção em compras militares por subordinados, acusações que ele negou.

O chefe da Suprema Corte foi detido em maio de 2023 depois que investigadores disseram ter descoberto “corrupção em larga escala” no mais alto órgão judicial. O oligarca ucraniano Igor Kolomoisky, que apoiou Zelenskiy durante uma campanha eleitoral em 2019, é suspeito do desvio de dinheiro e está em um centro de detenção desde setembro.

© 2024 Bloomberg L.P.

FONTE

Sobre o Autor

Ubiratan Motta
Ubiratan Motta

Historiador que dedicou sua vida à carreira militar. Especialista em recursos humanos e logística, e com vasta experiência em operações e missões das Forças Armadas.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.