o que é e como evitar?

O termo “aquaplanagem” é um nome sofisticado para designar que os pneus do seu veículo perdem a aderência com o asfalto e passam a deslizar com facilidade na superfície molhada, o que pode causar um acidente. Mas como esse processo todo ocorre e o que os motoristas podem fazer para evitá-lo? Confira estas e outras informações a seguir.

Leia mais:

O que é a aquaplanagem e como ela ocorre?

Imagem: shutterstock/Cris Faga

Você já tentou correr de sandália em um piso molhado de cerâmica e escorregou e caiu no chão? Pois bem, o que ocasiona essa “falha” na superfície da sua sandália é a mesma coisa que leva os pneus de um carro a derraparem numa pista molhada: a aquaplanagem. Vamos explicar.

Sabe qual a semelhança entre a sandália e o seu pneu? Ambos são feitos de borracha e possuem uma superfície repleta de sulcos, que servem para a borracha aderir ao solo (ou ao asfalto, no caso dos veículos). A presença desses sulcos é muito importante porque auxiliam na fricção contra o solo durante a sua locomoção; em outras palavras, essas “fendas” ou “rugas” na sola dos pneus/sandálias permitem que você ande com segurança sem escorregar e se esborrachar no chão. Mas, para os sulcos funcionarem como deveriam, eles precisam estar livres de qualquer líquido ou detrito que possam preenchê-los, como água ou pedras.

Mas o que isso tem a ver com a aquaplanagem? Em dias de muita chuva, a pista fica alagada, caso não haja algum sistema eficiente para drenar a água e removê-la do asfalto. Se não for drenada, esta quantidade de água vai crescer cada vez mais, ficando mais espessa, e quando o pneu de um carro passar por ali, estas “lâminas de água” vão preencher os sulcos dos pneus, interrompendo a aderência à superfície da pista e ocasionando um acidente.

Em outras palavras, os sulcos “perdem” contato com o chão, o que os impedem de empurrá-lo para trás ou para frente durante o movimento de rotação dos pneus, e isso faz as rodas deslizarem e o carro derrapar.

Como evitar a aquaplanagem?

Talvez uma das dicas mais importantes sejam não dirigir sobre regiões com asfalto comprometido ou com grande acúmulo de água na pista (devido à ausência de um escoamento eficiente). Contudo, em se tratando de medidas preventivas quanto ao carro, seguem algumas dicas:

  • Não dirija rápido em pistas molhadas;
  • Não freie bruscamente em pistas molhadas;
  • A manutenção dos pneus precisa estar em dia quanto a calibragem, pressão e não podem estar muito desgastados;
  • Mantenha uma distância segura do veículo à frente;
  • Evite manobras bruscas.



FONTE

Sobre o Autor

Ubiratan Motta
Ubiratan Motta

Historiador que dedicou sua vida à carreira militar. Especialista em recursos humanos e logística, e com vasta experiência em operações e missões das Forças Armadas.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.